Home > Cartão de Crédito > Dicas infalíveis para ter um cartão de crédito aprovado pelo banco Inter

Dicas infalíveis para ter um cartão de crédito aprovado pelo banco Inter

Hoje em dia, os bancos digitais e fintechs estão conquistando públicos cada vez maiores, graças a detalhes como cartões com zero anuidade, pouca ou quase nada burocracia e transparência. E dentre os principais cartões de crédito, certamente o Inter está disputando os primeiros lugares. Se você deseja conseguir aprovação em um cartão de crédito do Inter, veja a seguir as melhores dicas divulgadas pelo banco.

4 dicas do Banco Inter para conseguir aprovar um cartão de crédito

1. Receba seu salário no Banco Inter

Fazer portabilidade de salário ou cadastrar a conta digital do Inter na empresa onde você trabalha garante muitos pontos ao seu favor na relação interna com a instituição. Isso porque, ao receber seu salário através da conta digital, o banco consegue conhecer melhor o seu perfil de renda e movimentação.

Fazer portabilidade de salário para o Inter é muito fácil e totalmente gratuito. Primeiramente, você precisa entrar no app no seu celular e clicar na opção Portabilidade de Salário. No Internet Banking, acesse Serviços > Portabilidade de Salário.

A partir daí, preencha as informações da sua empresa e do banco de origem. Caso tenha dúvidas relacionadas a estes dados entre em contato com o RH de sua empresa e peça orientação. Feito isso, confirme as informações e o procedimento e realize a autenticação da operação com a senha de 4 dígitos do seu cartão ou com o código enviado por SMS/e-mail.

O prazo para processar o pedido é de 5 dias úteis, a partir do recebimento da solicitação.

Depois de fazer o pedido de portabilidade concluído, todos os meses, o banco no qual você recebe seu salário fará uma transferência automática para sua Conta Digital.

2. Invista com o Inter

Outra iniciativa que pode ajudar e muito a conseguir um cartão de crédito com um limite bacana no Inter é investir na plataforma do banco. Se você tem uma graninha e quer deixar ela rendendo, saiba que o Inter tem a alternativa de Renda Fixa, Renda Variável, Fundos de Investimento, previdência privada e Poupança. Aplicar seu dinheiro no Inter também ajudará a instituição a conhecer mais sobre você e seu perfil de crédito.

No Inter você pode aplicar em CDB, LCI ou aplicar em fundos de investimento, títulos privados, compra e venda de ações, CRI e CRA. Os investimentos podem ser a partir de R$ 100 para LCI, CDB, ou no Fundo Primus ou a partir de apenas R$ 30 para Tesouro Direto.

Em uma comunidade de investimentos, até 50 investidores se reúnem e o montante total de suas aplicações é considerado para aumentar a rentabilidade para todos. As aplicações, movimentações e resgates de cada investidor são individuais e completamente anônimas.

Por fim, o Inter possui também a possibilidade de Comunidade de Investimentos. Nessa modalidade, você pode começar com pouco e ainda ter acesso a taxas de rentabilidade mais altas.

3. Atualize seus dados cadastrais

Já citamos anteriormente que para aumentar as chances de conseguir aprovar um cartão de crédito no Inter, o banco precisa conhecer melhor você. E é nessa lógica que você deve sempre manter seus dados atualizados. Se você mudou de endereço, telefone e, principalmente, se houve alteração na sua renda, atualize seus dados seguindo os passos abaixo.

Entre no app e no menu, selecione a alternativa de Atualização Cadastral. Logo após, selecione a informação que deseja atualizar e clique em continuar. Para concluir, autentique a atualização pelo itoken.

4. Mantenha sua vida financeira em dia

Provavelmente essa é a dica mais importante da lista tem relação com o score de crédito. Já é muito falado sobre como aumentar o score, e logicamente, é necessário ter um bom score para conseguir aprovar um cartão de crédito do Inter.

Concluindo, para ter um score bom, você precisa estar com o CPF sem restrições no SPC e Serasa. Ademais, é importante manter seus pagamentos em dia. Quanto menos dívidas você tiver, maiores as chances de ter um bom score de crédito, pois quanto mais confiável você é para o mercado financeiro. Por fim, não se esqueça de manter os dados atualizados em sites de proteção ao crédito, como Serasa, SPC e SCPC.

Fonte: Seu Crédito Digital – Imagem: Reprodução/Internet