Home > Empréstimo > Saiba como solicitar empréstimo Itaú com taxa de juros mais barata

Saiba como solicitar empréstimo Itaú com taxa de juros mais barata

O banco Itaú passou a disponibilizar crédito que possui o plano de previdência privada do cliente como garantia. Essa estrutura possibilita que o empréstimo seja dado com taxa de juro bem mais em conta, já que o investimento fica bloqueado para resgate até o pagamento e, caso a pessoa não consiga quitar até determinado prazo, o dinheiro é tomado pelo banco.

A ideia do Itaú é dar crédito para a pessoa resolver emergências, aumentar o patrimônio ou realizar sonhos sem mexer na aplicação financeira da aposentadoria. A modalidade está acessível apenas aos clientes da categoria “Itaú Personnalité” e foi uma demanda deles, de acordo com o Itaú, que já disponibiliza empréstimo com garantia de outros investimentos.

A taxa é a partir de 0,75% ao mês, abaixo do juro médio de empréstimo pessoal no Brasil, de 5,4% ao mês, e menor que a do crédito consignado no país, de 1,5% ao mês, de acordo com o Banco Central. O prazo de pagamento é de até 72 meses e a primeira parcela pode ser paga a partir do sexto mês.

DINHEIRO – CURITIBA – 06/06/2014 – VIDA E CIDADANIA – Fotos de cédulas de cinquenta e de dez reais. Foto do um bolo de dinheiro para pagar as contas – Foto: Antônio More / Agência de Notícias Gazeta do Povo

Apesar de o produto poder parecer tentador, especialistas dizem que, na maioria dos casos, é preferível sacar uma aplicação financeira. É necessário comparar o juro do crédito ao retorno do investimento e, dessa forma, saber quanto custará o empréstimo e quanto se deixará de ganhar com o investimento. O que for menor é a melhor alternativa.

Antes da aplicação financeira para a aposentadoria, todo investidor deve ter uma reserva de emergência em títulos ou fundos de renda fixa atrelados à taxa básica de juros, a Selic, ou ao CDI, com liquidez diária, ou seja, que podem ser resgatados a qualquer momento. Dessa forma, é aconselhável resgatar o investimento, se possível, em caso de emergência.

Fonte: Valor Investe – Imagem: Gazeta do Povo/Arquivo